«Por uma senhora Lisboa»

Também não têm esta

 

      Depois de um inconcebível cartaz em que nada dizia, Teresa Leal Coelho acertou em cheio: «Por uma senhora Lisboa». Onde é que senhor, assim empregado como adjectivo, está no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora? Não está. Um estrangeiro, dos muitos que invadem Lisboa por estes dias, se tiver apenas umas luzes da nossa língua, não vai perceber patavina.

 

[Texto 8077]

Helder Guégués às 14:02 | comentar | ver comentários (1) | favorito