«Herdeiro da parada»?

Subiu a parada e perdeu

 

     «Paula Brito e Costa, nascida Paula Cristina de Brito Cardoso da Costa (sem “e”) há 51 anos, é natural de Loures — recebeu, inclusive, uma medalha de ouro da Câmara Municipal de Odivelas» («Paula Brito e Costa. A mulher que deixou um quiosque de jornais para se dedicar à Raríssimas», Ana Cristina Marques e Sónia Simões, Observador, 12.12.2017).

      Podia ser bem pior, convenhamos: imaginem que lhe dava na veneta e queria ser Paula von Brito e Costa. Tudo normal. O que me fez espécie foi ela dizer que o filho era o «herdeiro da parada». O que significa isto?

 

[Texto 8471]

Helder Guégués às 23:24 | comentar | favorito
Etiquetas: