Léxico: «cagagésimo»

Não o corrijam, não

 

      «A nenhum de nós, fique claro, alguma vez passou pela cabeça duvidar das mirabolâncias que o Pires contava. Muito menos deixar transparecer um cagagésimo de incredulidade» (O Fim das Bichas é o Princípio das Filas, Alface. Lisboa: Fenda, 1999, p. 33).

    É incrível, mas não o encontramos no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora. Resultado: um dos nossos cronistas da moda (?) escreve-o à sua maneira, «cagajésimas», e o jornal, é claro, não o corrige, pois isso seria coarctar a sua liberdade criativa. Apre!

 

[Texto 8080]

Helder Guégués às 10:39 | comentar | favorito