Léxico: «co-processador»

Processemos

 

      O Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora diz-nos que um processador é o «circuito integrado que, constituindo o órgão central do computador, tem a faculdade de levar a efeito qualquer operação sobre dados». Mais cedo ou mais tarde, a definição vai ter de ser alterada, pois com certeza se deixará de referir especificamente a um computador. Entretanto, porém, há outras minudências que merecem a nossa atenção. Por exemplo: este dicionário (e outros, claro) também regista a sigla CPU (central processing unit), outra designação por que é conhecido o processador, e a definição é «principal componente de um computador, onde se realiza o processamento da informação, e que controla e coordena a actividade de outros componentes». Salvo melhor opinião, as definições não podem ser diferentes. Mais: devia haver remissões recíprocas. Este dicionário também regista o termo microprocessador, «circuito integrado complexo que efectua as operações básicas de um microcomputador», ou seja, é essencialmente o mesmo que processador, porque todo o microprocessador é um processador, mas nem todo o processador é um microprocessador. Um microcontrolador, por exemplo, também é um processador. Falta, pelo menos, outro termo neste dicionário: co-processador, que é o microprocessador utilizado em alguma tarefa específica.

 

[Texto 7702]

Helder Guégués às 23:35 | comentar | favorito
Etiquetas: ,