Léxico: «deserto»

E se for outra congregação?

 

      «Sem que nada lhes fosse pedido, as pessoas organizaram-se em grupos que, rodando ao longo dos meses do ano, levam ao mosteiro [no Couço, Coruche] os mantimentos de que a comunidade precisa, para que esta não tenha de abandonar o seu deserto» («Monjas de Belém: “A nossa vida é um grito silencioso”», Mariana Pereira, Diário de Notícias, 18.03.2017, p. 5).

      Já aqui tínhamos visto esta acepção de deserto, e o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora não diz nada de diferente: «lugar situado longe de qualquer povoação, onde os monges carmelitas viviam isolados, como os eremitas do cristianismo primitivo». Ora, no caso trata-se das Monjas de Belém — e vivem no seu deserto. Ou seja, será mais correcto não referir nenhuma congregação, ou, então, fazê-lo a título exemplificativo.

 

[Texto 7577]

Helder Guégués às 16:58 | comentar | favorito