Léxico: «favola»

Como pode ser?!

 

    «Manda-a lavar aquelas favolas antes de pôr o avental de renda e passar pó Avelar para branquear o esmalte. Mas isso faz cair o esmalte, estraga-os todos! E eu ralado» (Os Pássaros de Seda, Rosa Lobato de Faria. Alfragide: Edições Asa II, 2012).

    Sim, favolas, os dentes grandes, desproporcionados, sobretudo os incisivos centrais superiores, «big broken teeth sticking out of his mouth», dizia o outro. Não estão na boca do Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, infelizmente. (Que, aqui entre nós, também tem de rever o verbete diastema.)

 

[Texto 7846]

Helder Guégués às 08:52 | comentar | favorito
Etiquetas: ,