Léxico: «nocebo»

Até faz bem

 

      «Está em curso uma campanha anticolesterol e antiestatinas que atingiu o seu apogeu com a transmissão pela RTP1 do documentário Colesterol: A grande farsa. Esta estação pública, na nossa opinião, prestou um mau serviço ao transmitir este documentário, ainda mais sem quaisquer esclarecimentos adicionais contraditórios, apostando exclusivamente nos argumentos que impactam nas audiências e sem tentar estimar outro tipo de consequências para a opinião pública como, por exemplo, o aumento do efeito nocebo (do latim “fazer mal”) e da ocorrência da síndrome de privação das estatinas» («O escândalo do colesterol e das estatinas», Ovídio Costa e Manuel Oliveira Carrageta, Público, 5.08.2017, p. 54).

      É a oportunidade para os leitores ficarem a conhecer o antónimo de placebo, que raramente é usado.

 

[Texto 8078]

Helder Guégués às 21:41 | comentar | favorito
Etiquetas: