Léxico: «organeiro»

Voto pelos italianos

 

     «O mestre organeiro Dinarte Machado, responsável pelos trabalhos, descreveu à agência Lusa dois órgãos diferentes, cada qual com o seu bilhete de identidade, sendo que o instrumento da esquerda se identifica mais com o século XVIII e o outro com a primeira metade do século XIX» («Órgãos históricos da Sé do Porto voltam a soar em Abril após restauro de dois anos», Rádio Renascença, 18.03.2017, 13h40).

      De organeiro, o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, e provavelmente todos os dicionários, diz o seguinte: «1. fabricante de órgãos; 2. encarregado da limpeza e conservação do órgão de uma igreja». Será que o mestre organeiro Dinarte Machado só faz isso, limpeza e conservação de órgãos? E porque se fala em igrejas? No Dicionário da Real Academia Espanhola, podemos ler que é o «fabricante y reparador de órganos», embora mais correcto fosse, porventura, «fabricante o reparador de órganos». No Treccani, estão mais perto da perfeição: «Chi fabbrica, monta o ripara organi (e strumenti congeneri).» No Diccionari.cat, lê-se que é a «persona que fabrica o adoba orgues». E sempre sem iglesias, chiese ou esglésias.

 

[Texto 7579]

Helder Guégués às 19:06 | comentar | favorito
Etiquetas: ,