Não era preciso um acordo ortográfico

É simples

 

    O Diário de Notícias tem um diretor adjunto, Paulo Tavares; Armando Esteves Pereira, por sua vez, é diretor-adjunto do Correio da Manhã. Não precisávamos de um acordo ortográfico que viesse lançar-nos ainda em maiores confusões, mas foi isso que uns quantos iluminados, autorizados por políticos, fizeram. Agora só têm de esperar que morram todos os opositores.

 

 

[Texto 7921]

Helder Guégués às 20:32 | comentar | favorito
Etiquetas: ,