«Tratar-se de», todos os dias

Vamos esquecer isto

 

      «Marcelo Rebelo de Sousa convidou vários chefes de Estado para participarem no centenário das Aparições de Fátima e na visita do Papa. Segundo o “Expresso”, os esforços diplomáticos já estarão a surtir efeito e, a dois meses da vinda de Francisco, cinco chefes de Estado já terão confirmado a sua presença. Tratam-se dos presidentes de São Tomé, do Paraguai, da Colômbia, de Cabo Verde e da Guiné-Bissau. Todos estes governantes são católicos, mas não deverão ter direito a audiências com o Papa – que vem a Fátima como peregrino e não em visita oficial de Estado. Francisco será recebido em Monte Real por Marcelo Rebelo de Sousa, António Costa e Ferro Rodrigues» («Fátima. Cinco chefes de Estado vêm ver o Papa», Jornal de Notícias, 19.03.2017, p. 6).

   Não está assinado, mas os jornalistas dos artigos que o ladeiam devem saber quem o escreveu. Temos de mudar a gramática, já que não aprendem.

 

[Texto 7582]

Helder Guégués às 16:25 | comentar | favorito
Etiquetas: ,