Linguagem

Comunicação e hematomas

 

 

      Ontem, o cirurgião José Fragata, autor do livro Erro em Medicina, afirmava que «“70 por cento dos erros de saúde são de comunicação”, onde se incluem a troca dos doentes ou as trocas de medicação» («Doentes admitidos nos hospitais públicos devem usar pulseira com identificação», Catarina Gomes, Público, 24.05.2011, p. 10). Hoje, o caso do dia, a adolescente agredida, também revela (só um psicólogo nos poderia abrir os olhos para isto) «uma incompetência das adolescentes na comunicação e na forma de regular emoções e lidar com conflitos», disse ao Público a psicóloga Margarida Gaspar de Matos («Metade dos jovens assiste a provocações e nada faz», Catarina Gouveia, p. 12). Num e noutro caso, os problemas de comunicação são deletérios ou, pelo menos, deixam nódoas negras.

 

[Texto 53]

Helder Guégués às 19:00 | favorito
Etiquetas: