Garrett

Digam-lhe, que ela é nova

 

 

      «No Cartaxo, [o Presidente da República] citou uma conversa de Almeida Garrett com o dono do café da terra para deixar um aviso.» E a repórter da RTP, Daniela Santiago, quis que o nome do escritor rimasse com café: Garré. Este bem dizia que escrevia com dois tt para pelo menos lhe lerem um, mas a ironia não chegou a todos os ouvidos modernos.

 

 

[Texto 558] 

Helder Guégués às 06:47 | comentar | favorito | partilhar
Etiquetas: