Léxico: «malão»

Não me diga

 

 

      «A minha mãe olhava para o tecto, coçava as costas, abria o malão — enquanto eu pedia a todos os anjos e arcanjos que o malão não se esvaziasse ali, para não passarmos a vergonha de andarmos de gatas num teatro tão fino e tão cheio de veludos como aquele, no cinema do centro comercial ainda vá que não vá» (Caderno de Agosto, Alice Vieira. Lisboa: Editorial Caminho, 4.ª ed., 2006, p. 184).

      Estranheza minha e do leitor que me contactou: nenhum dicionário regista o termo «malão». E eu ia jurar que sim. E faltarão, acaso, aumentativos nos dicionários? Com este não engraçaram. Segundo certas inteligências nacionais, especialistas disto e daquilo (mais daquilo, na verdade), se não está no dicionário, é de evitar...

 

 [Texto 565] 

Helder Guégués às 16:16 | comentar | favorito | partilhar
Etiquetas: