Como se escreve nos jornais

Ou será «rompente»?

 

 

      «Dos indignados que têm pernoitado em Wall Street aos protestantes das ruas de Atenas, Madrid ou Lisboa há certamente muitas semelhanças ou pontos de contacto. Em todos eles, por exemplo, se vê uma genuína raiva contra bancos e banqueiros, uma percepção de que os responsáveis permanecem à “solta”, um tom severo de caça aos ricos e poderosos, uma rompante impotência e falta de fé naquilo que o futuro nos reserva» («Do baú das ideologias», Pedro Lomba, Público, 11.10.2011, p. 32).

      Impotência precipitada? Impotência impetuosa? Impotência arrogante? Impotência orgulhosa? Desisto!

 

[Texto 571]

Helder Guégués às 13:38 | comentar | favorito
Etiquetas: