Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

«Bill of Rights»

Creio que não

 

 

      Posso não estar a lembrar-me bem, mas creio que nunca antes vi a expressão Bill of Rights traduzida. Creio mesmo que em Direito Comparado é sempre assim que se usa. Agora vejo-a aqui vertida para «Carta dos Direitos». Numa das tais coincidências espantosas, ontem mesmo ouvi na Antena 1 que se está a comemorar a ratificação do Bill of Rights. Estariam a referir-se, sei agora, ao ciclo de conferências «O que é a América hoje?», que está a decorrer na Casa da Música.

 

 

[Texto 617] 

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Montexto 31.10.2011 13:17

    Homem, a mim o que me admira é que João Carlos Espada e quejandos ainda deixe passar alguma coisa em português, ou parecido, e não escreva logo tudo tudo em inglês, e não só Bill.
    Qualquer pessoa sofrivelmente empenhada em falar português sabe - e sente - que Carta traduz pefeitamente a coisa. O resto é conversa fiada e a abdicação consuetudinária. 
  • Comentar:

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.