Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Pontuação

Ao menos diz que é precisa

 

 

      «E a passagem da monarquia para a república não melhorou a vida da população, que se sentiu defraudada.» Lembram-se da frase? Estou a ver (agradeço ao leitor A. S. por me ter chamado a atenção) que foi agora lançada para o mundo. Nas respostas publicadas hoje no Ciberdúvidas, está: «Na frase apresentada pela consulente, a virgula [sic] é necessária para separar a frase principal (oração subordinante) da frase secundária (oração subordinada consecutiva), de modo a clarificar o sentido enunciado.

      No caso em questão, a conjunção que é usada com um sentido idêntico a “de forma que” ou “de modo que”, introduzindo a oração consecutiva. Se não colocarmos a vírgula, ficamos com uma estrutura semelhante à das orações subordinadas relativas restritivas e poderemos ser levados a interpretar “que se sentiu defraudada” como acrescentando informação apenas sobre o antecedente, ou seja, que “a população que já se sentia defraudada (por razões anteriores não especificadas) não viu a sua vida ser melhorada pela passagem da monarquia para a república”. No caso de usarmos a vírgula, a interpretação é que “a população sentiu-se defraudada porque a passagem da monarquia para a república não melhorou a sua vida», o que parece ser o sentido pretendido pela consulente.» Consecutiva, diz o consultor, Miguel Moiteiro Marques.

 

 

[Texto 664] 

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.