Tradução: «commission rogatoire»

Direito comparado

 

 

      Houve um crime, e o lojista não se opôs a mostrar de imediato à polícia as gravações das várias câmaras que tem no seu estabelecimento e no exterior. «Il n’a pas exigé de commission rogatoire pour faire la démonstration de son équipement». Não podemos, certamente, verter, como vejo aqui, commission rogatoire por deprecada, pois esta é o pedido que um juiz faz a um colega para que lhe cumpra algum mandado ou ordene alguma diligência judicial. Não é o caso. Nem por carta rogatória, que é o pedido de diligência feito pelo juiz de uma jurisdição estrangeira; nem por carta precatória, que é o pedido de diligência feito pelo juiz ao juiz de outra jurisdição no mesmo país. Devemos traduzir meramente por mandado? Quid juris?

 

[Texto 687]

Helder Guégués às 19:58 | favorito
Etiquetas: