Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Como se escreve nos jornais

Nem é preciso pensar

 

 

      «Por outro lado, o antigo deputado conservador Matthew Parris disse ao “Times” que Streep conseguira apanhar na perfeição “a natureza declamatória da forma de falar de Thatcher”, e uma série de figuras ligadas aos Tories manifestaram-se agradavelmente surpreendidas pelo modo equilibrado como o filme, escrito pela dramaturga Abi Morgan, vê uma das figuras mais divisivas da política inglesa do século XX. As conclusões podem começar a ser tiradas em fins de Dezembro, quando “The Iron Lady” tem a sua estreia mundial – entre nós, o filme deverá estrear a 9 de Fevereiro. Mesmo a tempo dos Óscares...» («O mundo da política divide-se sobre a Iron Lady de Meryl Streep», Ípsilon, 25.11.2011, p. 3).

      É o que se lê na imprensa inglesa — an incredibly divisive figure. Ora, os jornais portugueses têm de, patrioticamente, contribuir para o tal desígnio do bilinguismo.

 

[Texto 724] 

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Helder Guégués 27.11.2011 16:13

    O leitor Rui Almeida imaginou-me nesse papel — mas imaginou mal.
  • Sem imagem de perfil

    Montexto 27.11.2011 16:33

    Eu reparei.
    *
    Já agora veja-se este - bom - exemplo garrettiano: «e aguardou tranquilo, tanto os de fora como os de dentro, que lhe fosse porposta devidamente e em forma a questão que ia resolver - que já estava resolvida, mas que eles ali e por aquelesa trâmites queriam ver passar» (fim do cap. XXXI do Arco). 
    Sim, novíssimos: em português inteiro, ao reverso do que se diz e repete com absoluta pacacidade na tv, rádio e jornais, propõem-se - ou, vá lá, põem-se - questões e fazem-se perguntas. E um exercício não é exactamente o mesmo que o outro.
    Deixo à vossa curiosidade e consulta de bons livros a destrinça entre ambos.   
  • Sem imagem de perfil

    Montexto 27.11.2011 16:40

    «proposta» e «aqueles».
    *
    «Pois que assim é, dizei vós, senhor Vasco, e proponde vosso caso para que venhamos no que melhor for» (Garrett, Arco, cap. XXXII, p. 223, Porto Ed., 1990). 
  • Comentar:

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.