Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «tângera»

Variedade de tangerina

 

 

      «É um momento triste no meio do Verão quando o melão começa a ser bom. É sinal que acabaram as frutas do ano antigo, do calendário judaico, que acaba e recomeça no fim de Setembro. As próximas frutas novas – a começar pelas tângeras – só virão com o frio» («O grande melão», Miguel Esteves Cardoso, Público, 16.08.2011, p. 31).

      É a variante que usei toda a vida e toda a vida ouvi – mas não é fácil encontrá-la nos dicionários. Alguns registam a variante tânjara (mas de tangerina + laranja...). Talvez a nossa preferência vá habitualmente para a palavra que ouvimos na infância e na adolescência. 

      (A Bíblia está cheia de sinais – na pena de João Ferreira de Almeida, são sempre «sinal de que».)

 

 

[Texto 401] 

«Pôr em causa»

Mudança de paradigma

 

 

      Jornalista Nuno Rodrigues, no noticiário das 8 da manhã na Antena 1: «Tudo isto numa altura em que a directora-geral do FMI, Christine Lagarde, fala da necessidade de combater a dívida, mas sem colocar em causa o crescimento económico, Teresa Correia.»

      «Não obstante as liberdades concedidas pelo Decreto, era exigido ao matador deixar o chão bem limpo e sem sinais de violência, tanto quanto o necessário para não pôr em causa a moral ou a aparência de alguns costumes» (Entre Pássaro e Anjo, João de Melo. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 3.ª ed., 1993, p. 18).

 

[Texto 400]