25
Ago 11

Léxico: «sabir»

Saber o sabir

 

      O autor fala do sabir anglo-americano («facilmente praticável por qualquer pessoa»), e nem o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora nem o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa registam o vocábulo, ao contrário do Dicionário Houaiss: «LING. 1 m.q. LÍNGUA FRANCA (‘língua formada por elementos’). 2 p.ext. qualquer língua mista originada do atendimento a necessidades fundamentais de comunicação, que geralmente possui uma gramática simplificada.» O plural será, uma vez que passou a integrar a língua portuguesa, sabires e não sabirs. O termo veio do francês sabir, que o foi buscar ao castelhano saber. Sabir é, segundo o Diccionario de la Real Academia Española, o «pidgin de base románica»

 

 [Texto 422]

Helder Guégués às 10:44 | comentar | favorito
Etiquetas:
25
Ago 11

Como se escreve nos jornais

Vox populi

 

 

      «O bosão de Higgs, ou a partícula de Deus, como lhe chama a voz popular, já que ela é uma pedra basilar na teoria da Física que explica a matéria e o mundo à nossa volta, está a revelar-se mais furtiva do que o esperado, se é que afinal existe» («Aperta-se o cerco para descobrir a ‘partícula de Deus’», Diário de Notícias, 24.08.2011, p. 27).

      «Partícula de Deus» na voz popular, o bosão de Higgs? Não me faça rir, senhor jornalista. É uma designação forjada pelos cientistas. Mas é curioso que o jornalista tenha usado a expressão «voz popular», pouco vista nos últimos tempos.

      «Passa o tempo, e a voz popular realisa-se com exacção espantosa» (Lendas e Narrativas, Alexandre Herculano. Lisboa: em casa da viúva Bertrand e Filhos, 3.ª ed., 1865, p. 232).

 

[Texto 421]

 

Helder Guégués às 06:54 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: