02
Fev 12

Tradução: «vegetable»

Animal, mineral...

 

 

      «A uma revista, o apresentador Jay Leno disse uma vez que não comia vegetais desde 1969 e que a última maçã que comera fora em 1984. Anteontem quebrou o jejum de frutas e vegetais graças à sua convidada de honra, Michelle Obama» («Campanha Michelle consegue pôr Leno a comer vegetais», «P2»/Público, 2.02.2012, p. 15).

      Vegetables, veggies, não é? Vegetais... pois.

 

[Texto 1051]

Helder Guégués às 23:27 | comentar | favorito
Etiquetas:

Tradução: «coroner»

A mesma dúvida

 

 

   «Demitiu-se a médica legista [sic] que investigou a causa de morte da cantora britânica Amy Winehouse, em Julho, porque não tinha a experiência necessária para exercer as funções. Suzanne Greenaway tinha sido nomeada pelo marido, anunciou a família da cantora» (Público, 2.02.2012, p. 25).

  Lê-se no The Sun: «The coroner who oversaw the inquest into Amy Winehouse’s death has resigned after it was revealed that she was not technically qualified to take on the role.» Coroner, então. A tradução deste vocábulo já nos ocupou mais de uma vez no Assim Mesmo. Continua o The Sun: «Rules state she could only be appointed if she had been in the Law Society as a solicitor for at least five years. But she only joined two-and-a-half years ago. The law also requires her to have five years as a “qualified medical practitioner”. But she only qualified only as a nurse in her native Australia and worked as a lawyer there. Potentially, every one of the 30 or so inquests she presided over could be declared illegal.»

 

[Texto 1050] 

Helder Guégués às 22:51 | comentar | ver comentários (3) | favorito
Etiquetas:
02
Fev 12

Tradução: «en faire des tonnes»

Toneladas

 

 

      Lê-se no original: «On pourrait croire que Serge en fait des tonnes mais pas du tout, c’est quasiment son style ordinaire.» Foi traduzido assim: «Poderíamos pensar que Serge faz demasiado, mas não, é quase o seu estilo normal.» Acontece que, vertido desta forma, não significa nada. Só num dicionário, e consultei quatro, é que encontrei esta tradução. Na Internet, porém, encontrei: faire des tonnes é exagerar. Assim, sim. Alguém conhece?

 

[Texto 1049]

Helder Guégués às 20:30 | comentar | ver comentários (5) | favorito
Etiquetas: