03
Fev 12

Graus Celsius

Sempre a desaprender

 

 

      «As temperaturas vão hoje continuar a cair em todo o país. A madrugada de amanhã será gelada, com muitos pontos do território continental com os termómetros abaixo de zero. Para o distrito de Bragança, prevêem-se oito graus Celsius negativos (-8.ºC). São esperados ainda -6.ºC em Vila Real, -4.ºC na Guarda, em Braga e em Viseu, -3.ºC em Évora e Portalegre e -2.ºC no Porto e Leiria. No litoral sul, o frio não chegará para congelar. Em Lisboa, a mínima prevista é de 2.ºC» («Massa de ar polar deixa Portugal abaixo de zero», Ricardo Garcia, Público, 3.02.2012, p. 12).

      Ricardo Garcia, então é assim que escreve os graus Celsius? Veja lá isso melhor.

 

[Texto 1053]

Helder Guégués às 09:06 | comentar | ver comentários (6) | favorito
Etiquetas:
03
Fev 12

CCB deixa de aplicar AOLP90

Circular interna

 

 

      Não foi nenhuma surpresa nem é, salvo melhor opinião, nada que tenha outro valor que não o simbólico, mas, ainda assim, é manchete no Público de hoje: «Vasco Graça Moura dá ordem a serviços do CCB para não aplicarem Acordo Ortográfico». «O recém-empossado presidente do Centro Cultural de Belém (CCB), Vasco Graça Moura, fez distribuir ontem à tarde uma circular interna, na qual dá instruções aos serviços do CCB para não aplicarem o Acordo Ortográfico (AO) e para que os conversores — ferramenta informática que adapta os textos ao AO — sejam desinstalados de todos os computadores da instituição. [...] A questão que agora se coloca é a de saber se esta medida é legal, já que, ainda no Governo de José Sócrates, uma resolução do Conselho de Ministros, datada do dia 25 de Janeiro de 2011, veio ordenar que o AO fosse adoptado por todos os serviços do Estado e entidades tuteladas pelo Governo. [...] O PÚBLICO tentou ainda obter uma reacção de Francisco José Viegas, mas não a conseguiu em tempo útil. Uma fonte da Secretaria de Estado da Cultura (SEC) adiantou, no entanto, que a posição da SEC deverá ser a de que o CCB, sendo uma fundação pública de direito privado, não estará obrigado a adoptar o acordo antes da data prevista para a sua aplicação generalizada, em 2014» («Graça Moura dá ordem aos serviços do CCB para não aplicarem Acordo Ortográfico», Luís Miguel Queirós, Público, 3.02.2012, p. 4). Iniciativa meritória é a tentativa de recuperação dos que se conspurcaram com as novas regras ortográficas: «O documento informa ainda que o CCB irá inscrever no seu plano de actividades para 2012, a “título experimental”, um curso livre de ortografia da língua portuguesa.»

 

 

[Texto 1052]

Helder Guégués às 08:40 | comentar | ver comentários (4) | favorito
Etiquetas: