Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

«Cabeça-de-praia»

Não é para civis

 

 

      Aqui o senhor general usa o termo cabeça-de-praia. Eu não conhecia, o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora também não conhece. O Dicionário Houaiss, como seria de esperar, acolhe-o: «área conquistada em litoral inimigo, geralmente por meio de assalto anfíbio, para se efectuar desembarque de tropas e material e para subsequentes operações».

 
[Texto 1225]

Taleiga e taleigo

Dar aos taleigos

 

 

      Acabei de ouvir no Portugal em Directo, da Antena 1, que a população da aldeia de São Cristóvão, em Montemor-o-Novo (onde se situa o Calcanhar do Mundo), ambiciona criar o maior taleigo do mundo, com 10 metros de comprimento e oito de largura. Um saco assim é estreito e comprido (taleigo) ou pequeno e largo (taleiga)? Dez por oito... Faz lembrar o pistolo de Miguel Torga.

 

[Texto 1224]

Como se fala por aí

Cegos e surdos

 

 

      Já viram como se vai falando por aí? Nos canais de televisão, «este programa teve ajuda à produção dos Estores Penumbra». O dono da empresa Estores Penumbra, a quem pedimos um orçamento para um estore de alumínio, oferece-nos «uma solução chave-na-mão» (se tivermos a sorte de ouvir apenas e não ler, é menos doloroso). Com quem aprendeu esta gente a falar, com os Víquingues?

 

[Texto 1223]