17
Mar 12

«Responder ao apelido»

Nome de família

 

 

      Durante a época medieval, havia a obrigatoriedade geral de responder ao apelido. Ou seja? Não vale a pena consultarem o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora ou o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa — não registam esta acepção. Responder ao apelido era participar na defesa do povoado quando este fosse atacado.

 

[Texto 1228]

Helder Guégués às 13:50 | comentar | ver comentários (13) | favorito
Etiquetas:

«Crise humanitária»

Não está no livro de estilo

 

 

      George Clooney foi ontem detido por, numa manifestação em frente à embaixada do Sudão em Washington, ter ultrapassado a barreira policial. «O actor manifestava-se contra a violência que os civis têm sofrido no Sudão e foi detido juntamente com outros manifestantes, como o senador democrata Jim Moran, do estado da Virgínia, ou Martin Luther King III, filho de Martin Luther King. Acusavam o presidente do Sudão, Omar al-Bashir, de estar a provocar uma crise humanitária ao bloquear a ajuda humanitária» («Clooney detido em protesto contra o Sudão», Público, 17.03.2012, p. 51).

      Isto, infelizmente, não chega aos olhos e aos ouvidos do provedor do leitor do Público.

 

[Texto 1227]

Helder Guégués às 08:54 | comentar | favorito
Etiquetas:
17
Mar 12

Léxico: «geada negra»

Assim chamada

 

 

      «A par da seca, os agricultores alentejanos estão a ser confrontados com o aparecimento das chamadas “geadas negras” que estão a colocar [sic] em causa a produção dos novos olivais na região» («Geada negra ameaça olivais novos no Alentejo», Carlos Dias, Público, 17.03.2012, p. 14).

     Foi este o primeiro ano que ouvi falar em geada negra. Que nem sequer é geada, como se pode ler aqui no sítio do Instituto de Meteorologia.

 

[Texto 1226]

Helder Guégués às 07:54 | comentar | favorito
Etiquetas: