14
Jul 12

«Face a»

Não tinha de ser assim

 

 

      «Um total de 24 066 alunos fizeram ontem os exames de Português (639) do ensino secundário, referentes à segunda fase de avaliação. As provas contaram com uma taxa de participação elevada, de 91%, face aos inscritos» («24 mil fizeram teste de Português da 2.ª fase», Pedro Sousa Tavares, Diário de Notícias, 14.07.2012, p. 17).

      Aqui, a «face» pode perder-se sem desdouro. «Estiveram presentes [ou fizeram a prova] 91 % dos [alunos] inscritos.» Melhor e somente um terço dos caracteres.

 

 [Texto 1829]

Helder Guégués às 23:51 | comentar | favorito
Etiquetas:

«Sustentabilidade»

Coisas da engenharia, talvez

 

 

      «Recorde-se que a prova em causa foi também notícia devido à denúncia de uma alegada fuga de informação que teria levado à divulgação, por SMS, de informações relativas a conteúdos e a autores, nomeadamente à utilização de um excerto de Os Lusíadas, de Luís de Camões. Alegações que, após um pedido de averiguação à Inspeção-Geral da Educação e Ciência, o Ministério considerou não terem sustentabilidade» («24 mil fizeram teste de Português da 2.ª fase», Pedro Sousa Tavares, Diário de Notícias, 14.07.2012, p. 17).

      Não se aguentam nas pernas, é isso? Então agora já não se diz que por não terem fundamento as investigações não se fazem?

 

 [Texto 1828]

 

Helder Guégués às 23:49 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas:

Sobre: «lóbi»

Deixe-se disso

 

 

      «Quando Carolina do Mónaco, os filhos e os respectivos namorados entraram no lóbi do exclusivo hotel da estância de esqui de Crans Montana, nos Alpes suíços, era impossível não reparar que todos vestiam casacos Moncler» («Quem é a nova princesa do Mónaco?», Sónia Bento, Sábado, n.º 428, 12 a 18.07.2012).

      O Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, no verbete «lóbi», remete para «lobby», e neste regista: «grupo de pressão; grupo dos que frequentam as antecâmaras dos parlamentos com o objectivo de influenciar os deputados no sentido de votarem de acordo com os seus interesses». Nesta acepção faz falta, mas na de «corridor or hall connected with a larger room or series of rooms and used as a passageway or waiting room» nem pouco mais ou menos. É que temos não uma mas três ou quatro palavras para significar o mesmo — e a jornalista não as pode ignorar a todas. É simplesmente lamentável.

 

 [Texto 1827] 

Helder Guégués às 10:40 | comentar | favorito
Etiquetas:
14
Jul 12

«Rinque de patinagem»

Há quem saiba

 

 

      «Depois é que comecei a fazer ginástica, com 16 anos. E quando acabava os treinos ia para um rinque de patinagem com as minhas colegas» («“Fui a primeira portuguesa a ir aos Jogos Olímpicos”», Pedro Jorge Castro entrevista Dália Cunha Sammer, Sábado, n.º 428, 12 a 18.07.2012).

      Há sempre quem saiba. Já em tempos alertei, e mais de uma vez, no Assim Mesmo, para a lamentável confusão — que vi em jornais e livros — entre ringue e rinque. Talvez tenha valido a pena.

 

 [Texto 1826]

Helder Guégués às 10:38 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: