25
Jul 12

«Tratar-se de»

Vou insistindo, pode ser que

 

 

      «Os responsáveis do ministério responderam que tinham pedido um parecer ao Infarmed, que concluiu que os produtos Angelicalm devem ser classificados como medicamentos e respeitar os requisitos destes. Segundo fonte do Infarmed, o processo de autorização demora tempo até porque são necessários estudos para comprovar as qualidades, a eficácia e a segurança para a saúde. Provas que estão dispensadas quando se tratam de suplementos alimentares» («Proibida venda de ‘Angelicalm’ como suplemento alimentar», Céu Neves, Diário de Notícias, 25.07.2012, p. 14).

 

 [Texto 1871]

Helder Guégués às 23:58 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas:

Agora escrevem «teem»

E não é a primeira vez que vejo

 

 

      «Os técnicos da Deco analisaram os componentes e concluíram que teem melatonina e valeriana» («Proibida venda de ‘Angelicalm’ como suplemento alimentar», Céu Neves, Diário de Notícias, 25.07.2012, p. 14).

      Querem estar tão, mas tão adiantados — que dão quase a volta completa e ficam então atrasados. Já se escreveu dessa forma, sim, mas com o Acordo Ortográfico de 1990 escreve-se têm. Há-de ser confusão com a abolição do acento circunflexo nas formas verbais paroxítonas que contêm um e tónico oral fechado em hiato com a terminação -em da 3.ª pessoa do plural do presente do indicativo ou do conjuntivo, conforme os casos: creem, deem (conj.), descreem, desdeem (conj.), leem, preveem, redeem (conj.), releem, reveem, tresleem, veem. Como costuma comentar Montexto, é a confusão do que é aproximado.

 

 [Texto 1870]

Helder Guégués às 23:51 | comentar | favorito
Etiquetas:
25
Jul 12

Léxico: «galrejar»

Para tentar salvar do oblívio

 

 

      «Bruscamente, tomou a criança nos braços, e dispunha-se a atirá-la, pela janela, na calçada da rua, quando o pequenino abriu os olhos azuis e risonhos, galrejando» (A Paixão de Uma Religiosa, Nuno de Montemor. Lisboa: União Gráfica, [195?], 6.ª ed., p. 57).

      É sempre louvável, parece-me, tentar salvar do esquecimento completo certas palavras. Como galrejar ou galrear: começar, a criança, a emitir sons, balbuciar. Por enquanto, ainda não foi escorraçada dos dicionários.

 

 [Texto 1869]

Helder Guégués às 16:06 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: