06
Ago 12

«Assunções»

Não passava

 

 

      «No início dos anos 80, muitos economistas começaram a questionar as assunções de John Maynard Keynes» («O conselheiro presidencial que lutou contra a inflação», Diário de Notícias, 6.08.2012, p. 41).

      Lá andam eles com as assunções, e não são as Cristas nem as Esteves. Não passava o exame Vieira.

 

  [Texto 1938]

Helder Guégués às 08:28 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas:

«Planeta Vermelho»

Há sempre quem não saiba

 

 

      «Ao mesmo tempo que desbrava caminhos em Marte, com a Curiosity para explorar o planeta vermelho, a NASA anuncia o montante que representa a aposta americana nas empresas privadas que levarão, a partir de agora, os astronautas para a Estação Espacial Internacional» («NASA investe quase 900 milhões em naves espaciais de privados», Rita Carvalho, Diário de Notícias, 6.08.2012, p. 33).

      «Bem empacotado e protegido, o robô Curiosity, da NASA, aproxima-se do seu destino, a superfície de Marte, onde descerá na madrugada da próxima segunda-feira, se tudo correr bem. Objetivo: estudar pela primeira vez o subsolo do planeta (a uma profundidade de 25 cm), para se perceber, de uma vez por todas, se já houve (se haverá ainda) vida no Planeta Vermelho» («Robô ‘Curiosity’ a três dias de chegar a Marte», Diário de Notícias, 3.08.2012, p. 24).

 

  [Texto 1937]

Helder Guégués às 08:26 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas:

«Implementação»

Chegou às lâmpadas

 

 

      «A Torre Eiffel é iluminada por 336 projetores e, à noite, 20 mil lâmpadas brilham durante cinco minutos ao início de cada hora, desde o anoitecer até à 01.00. A implementação de luzes LED vai permitir uma poupança significativa de energia» («Um futuro mais verde para a ‘dama de ferro’», Catarina Reis da Fonseca, Diário de Notícias, 6.08.2012, p. 22).

      Para quê «implementação», essa coisa tão arrevesada e alambicada e desportuguesa? Simples: «O uso de luzes LED vai permitir uma poupança significativa de energia.»

 

  [Texto 1936]

Helder Guégués às 08:24 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas:

Itálico

Itálico desnecessário

 

 

      «Os quatro painéis solares que vão ser colocados no telhado do Pavilhão Ferrié vão providenciar metade da água quente do monumento, usada principalmente nos restaurantes e nas casas de banho do primeiro andar. Além disso, quatro turbinas eólicas vão gerar cerca de oito mil kWh por ano e as turbinas hidráulicas formarão uma espécie de “minicentral elétrica”. Haverá ainda um reaproveitamento da água da chuva, que poderá ser usada nas casas de banho» («Um futuro mais verde para a ‘dama de ferro’», Catarina Reis da Fonseca, Diário de Notícias, 6.08.2012, p. 22).

 

  [Texto 1935]

Helder Guégués às 08:23 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas:

«O facto de»

Essa é que é essa

 

 

      «“A segunda razão, que tem a ver com o facto de a violência ter surgido noutros bairros num curto espaço de tempo, foi o facto de parecer que aqueles crimes não iriam ter quaisquer consequências e que a polícia não seria capaz de fazer nada”, afirma Pickles, que defende “sentenças exemplares”» («Londres ainda recupera das cicatrizes dos motins», Catarina Reis da Fonseca, Diário de Notícias, 6.08.2012, p. 21).

      Não serão «factos» a mais? São só dois, diz? Mas para traduzir o que afirmou o Sr. Pickles não precisamos de nenhum. Essa é que é essa. «But, secondly, the reason it really spread was that for a brief period – about 36 hours or so – it looked like it would be a consequence-free crime and that the police were powerless to do anything.»

 

  [Texto 1934] 

Helder Guégués às 08:20 | comentar | ver comentários (3) | favorito
Etiquetas:
06
Ago 12

«Entre... e...»

Logo na primeira

 

 

      «Açores com dívida na Saúde entre 600 a 1000 milhões» (Diário de Notícias, 6.08.2012, p. 1).

 

  [Texto 1933]

Helder Guégués às 08:19 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: