18
Set 12

Para traduzir «paper»?

Será isso?

 

 

      «A crítica do juiz-conselheiro, cujo segundo mandato à frente do STJ termina em março, explica-se com a mudança de critérios na graduação dos magistrados que se apresentam como candidatos a conselheiros: antes, era mais valorada a experiência profissional, os anos passados no tribunal, os casos complexos em que estiveram envolvidos. Agora, é mais valorada a análise curricular: mestrados, doutoramentos, escritos, cursos de especialização, em detrimento da experiência pessoal» («Juízes de carreira a caminho de extinção no Supremo», Licínio Lima, Diário de Notícias, 15.09.2012, p. 17).

 

[Texto 2109]

Helder Guégués às 12:50 | comentar | ver comentários (8) | favorito
Etiquetas:

Léxico: «photo op»

Temos mesmo de aprender inglês

 

 

      «O caso do tigre não é o único. Putin recorre a estas “photo op” – expressão inglesa para os eventos criados a pensar na cobertura mediática – para reforçar a sua imagem de homem de ação. Já surgiu, por exemplo, a pôr uma etiqueta eletrónica num urso polar ou num leopardo das neves antes de o libertar. Para não falar das imagens a pescar ou a andar a cavalo (sem camisa). Mas as encenações vão para lá dos animais, tendo também sido filmado a “descobrir” uma ânfora grega no mar Negro» («Putin admite encenação das proezas com animais», Susana Salvador, Diário de Notícias, 15.09.2012, p. 28).

 

[Texto 2108]

Helder Guégués às 12:49 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas:

«Luso-descendente/lusodescendente»

Sempre ao contrário

 

 

      «“A probabilidade de a anulação da confissão ser aceite era muito pouca, como também é de esperar pouco sucesso na ilibação”, antecipa Tony Castro, ex-procurador do Bronx. Este luso-descendente admite que a aceitação desta “prova” pode fragilizar a defesa, mas cabe agora a Touger “usar o melhor que puder, sabendo que vai ser entregue aos 12 jurados”. O ex-procurador do Bronx admite que “ao nível psiquiátrico pode ajudar”. Contudo, lembra que “não confessou só o crime, também estão lá todos os detalhes do que aconteceu e numa situação em que não havia testemunhas”» («Juiz valida confissão de homicídio e defesa mantém tese de insanidade», Carla Bernardino, Diário de Notícias, 15.09.2012, p. 45).

      Para quê comentários? Vejam aqui.

 

[Texto 2107]

Helder Guégués às 12:45 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas:

Plural de «Xanax»

E falam assim?

 

 

      «Depois do arguido, que se encontra em prisão preventiva, foi ouvido o médico que o seguia, o qual adiantou que o seu paciente tomava medicamentos para a depressão. Na sua confissão, Nélson Pita adiantou que no dia do assalto tomou “quatro Xanax”» («Assaltou banco para dar de comer à família», Diário de Notícias, 14.09.2012, p. 20).

      É então assim que escrevem o plural? Pois está mal. «Com a pancada, ele aumentou as doses de xanaxes e de cerveja com bagaço e deu cabo do resto dos circuitos da cabeça, que andavam mal desde os tratamentos em miúdo» (E Se Eu Gostasse muito de Morrer, Rui Cardoso Martins. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 2007, 3.ª ed., p. 117).

 

[Texto 2106]

Helder Guégués às 12:43 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas:

Até com os nomes próprios

Falta de memória

 

 

      «“Sim, eu sei que o leopardo foi capturado antes. Mas o principal é chamar a atenção para o problema. É como as ânforas. Todos começaram a gritar que aquela ânfora tinha sido plantada ali. Claro que foi plantada”, disse Putin a Masha Gessen. Segundo a Reuters, a jornalista é crítica do Presidente e foi despedida do cargo de editora de uma revista de viagens depois de recusar enviar os repórteres para a última encenação: o voo num ultraleve ao lado de grous brancos» («Putin admite encenação das proezas com animais», Susana Salvador, Diário de Notícias, 15.09.2012, p. 28).

      Também já tínhamos visto esta estranha coisa. Mais misterioso é que o nome da jornalista já apareceu no DN com outra grafia: «“As expedições com a participação de Putin têm a sua especificidade, basta recordar o salvamento de tigres ou a descoberta de ânforas. Até pode acontecer que as árvores estejam amarradas apaus e o dever profissional do correspondente é escrever sobre isso”, justificou Macha Hessen» («Putin orientou cegonhas», Diário de Notícias, 7.09.2012, p. 6). Mesmo que, o que não importa averiguar agora, se possa transliterar das duas formas, convinha que o jornal usasse sempre a mesma.

 

[Texto 2105]

Helder Guégués às 12:42 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas:

Tradução: «application»

Só visto

 

 

      «Mil aplicações. Portugal é um dos países com maior número de candidaturas para preencher 120 lugares nas Nações Unidas» («Enchente de candidatos para trabalhar na ONU», Diário de Notícias, 15.09.2012, p. 14).

      Têm razão: parece mentira, mas é só um entre muitas centenas de erros completamente descabelados. Application é a candidatura a um emprego, não se traduz por «aplicação».

 

[Texto 2104]

Helder Guégués às 12:40 | comentar | favorito
Etiquetas:

Aspas escusadas

Poucos escapam à mania

 

 

      «Os “irmãos” da Loja Pátria defenderam, tal como o DN revelou, que “todo o maçom tem de ter uma conduta pessoal, profissional, cívica e política irrepreensíveis e que, caso contrário, deve ser rapidamente julgado pelo tribunal maçónico”» («Grão-mestre castiga maçom que quis expulsar Relvas», Carlos Rodrigues Lima e Rui Pedro Antunes, Diário de Notícias, 15.09.2012, p. 10).

      Se «irmão» também é o «membro de confraria, da maçonaria, etc.» (como se lê no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora), para quê as aspas?

 

[Texto 2103]

Helder Guégués às 12:38 | comentar | favorito
Etiquetas:

Léxico: «blueberries»

E insistem

 

 

      «O robô Opportunity da NASA capturou imagens de formações rochosas raras na superfície do planeta. Os objetos esféricos de 3 mm de diâmetro foram confundidos com blueberries (reservas de hematite). No entanto, os cientistas já confirmaram que não se trata das mesmas formações encontradas em outros locais de Marte» («Novas imagens intrigam cientistas», Diário de Notícias, 18.09.2012, p. 30).

      Há aqui um grande desencontro: eles querem que aprendamos inglês, nós queremos que eles aprendam português.

 

[Texto 2102]

Helder Guégués às 12:37 | comentar | ver comentários (3) | favorito
Etiquetas:

Plural: «Jupíteres»

Ainda não aprenderam

 

 

      «Os astrónomos da NASA descobriram, pela primeira vez, dois planetas que orbitam estrelas semelhantes ao nosso Sol, num aglomerado com cerca de mil estrelas – o Beehive (Colmeia, em português), na Constelação de Caranguejo. Os planetas são dois júpiteres quentes, que se movimentam próximo das suas estrelas» («Dois júpiteres orbitam estrela como o Sol», Diário de Notícias, 18.09.2012, p. 30).

      Claro que já vimos este erro, foi aqui. Estranho é que no jornal não aprendam. 

 

[Texto 2101]

Helder Guégués às 12:35 | comentar | favorito
Etiquetas:
18
Set 12

Léxico: «cabeceira»

Esta é rara

 

 

      «As reservas de água armazenada nos pântanos da cabeceira do Tejo, em Entrepeñas e Buendía, perderam quatro hectómetros cúbicos (hm3) na última semana, estando a 23,67% da sua capacidade total (1.639 hm3), de acordo com dados da Confederação Hidrográfica do Tejo divulgados hoje pela agência EFE» («Reservas nos pântanos do Tejo a 24% da capacidade», Jornal de Notícias, 18.09.2012, p. 11).

      Não é todos os dias que lemos ou ouvimos esta acepção de «cabeceira»: nascente de um rio.

 

[Texto 2100]

Helder Guégués às 12:34 | comentar | favorito
Etiquetas: