20
Set 12

«Alta-sapataria»?

Dos pés à cabeça

 

 

      «O neto do sapateiro Prudêncio faz alta-sapataria» (Dora Mota, Notícias Magazine, 16.09.2012, p. 31). Quando aqui falei em incoerências ortográficas, ainda não tinha lido esta «alta-sapataria». Assim, já a «alta-costura» não se sente sozinha.

 

[Texto 2123]

Helder Guégués às 16:10 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas:

Léxico: «intender»

Diogo Inácio também intendia

 

 

      «O Concílio Vaticano II não intendeu fechar portas ou responder a questões que ainda estão a ser debatidas, nos nossos dias, pelos teólogos.» De dez em dez anos, encontro este verbo. Primeira surpresa: esta acepção não está no Dicionário Houaiss nem na Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira. É verdade. Para o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, como verbo transitivo significa (como já significava em latim) ter intenção de. A acepção que talvez todos registem é a de superintender, exercer direcção e vigilância. O intendente-geral da Polícia Pina Manique, homem de antes quebrar que torcer, era isso que fazia: intendia. Entendido?

 

[Texto 2122] 

Helder Guégués às 14:53 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas:

A atenção e o «foco»

Demasiado científico...

 

 

      «A investigadora portuguesa envolvida no estudo, Anabela Cruz-Santos, explicou à Lusa que a necessidade de mudar de língua frequentemente ativa um mecanismo cerebral – sistema de controlo executivo – que ajuda a orientar a atenção e manter o foco» («Ser bilingue traz melhores resultados», Diário de Notícias, 20.09.2012, p. 17).

 

[Texto 2121]

Helder Guégués às 13:30 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas:

«Crime formigueiro»

Sem dignidade processual

 

 

      «Os pequenos furtos em supermercados são considerados crimes semipúblicos, pelo que o Ministério Público (MP), face ao quadro legal ainda em vigor, pode avançar com a acusação sem que o lesado deduza queixa particular e gaste qualquer cêntimo em taxas de justiça. Mas em certas circunstâncias os procuradores podem arquivar o processo, invocando o artigo 207.º do Código Penal, relativo ao chamado “crime formigueiro”, sem dignidade processual» («Lidl desiste de queixa contra sem-abrigo», Alfredo Teixeira, Diário de Notícias, 20.09.2012, p. 21).

 

[Texto 2120]

Helder Guégués às 13:27 | comentar | ver comentários (3) | favorito
Etiquetas:

«Mandato/mandado»

Tudo o que for parecido...

 

 

      ... será confundido, sobretudo por quem não reflecte sobre a língua: «A polícia entrou ontem nas instalações da revista Closer, em Montrouge, nos arredores de Paris, com um mandato judicial que lhe permite realizar buscas a fim de descobrir quem vendeu as imagens à publicação e que “violou o direito à privacidade do casal”» («Polícia procura ‘paparazzo’ que apanhou duquesa em ‘topless’», F. M., Diário de Notícias, 20.09.2012, p. 53).

 

[Texto 2119]

Helder Guégués às 13:22 | comentar | favorito
Etiquetas:
20
Set 12

Deixou de ser «xeque»

E outro

 

 

      «Na história da Benetton, a procura do “desemprego do ano” sucede aos “beijos impossíveis” entre vários líderes mundiais, que foi tornada pública em novembro do ano passado e tinha como objetivo promover a tolerância entre os povos. Mas os “beijos” entre Barack Obama e Hugo Chávez, Nicolas Sarkozy com a chanceler alemã, Angela Merkel, e o Papa Bento XVI ao sheik da mesquita Al-Azhar não duraram muito tempo e foram proibidas» («‘Desempregado do ano’ é jovem e não é preguiçoso», Fernanda Mira, Diário de Notícias, 19.09.2012, p. 51).

      Então não era «xeque» que escreviam? Era pois, que eu lembro-me: «O xeque Tantawi não era apenas a figura tutelar da maior e mais antiga escola islâmica em todo o mundo, mas também um dos religiosos mais influentes do islão. Foi grande mufti do Cairo e era responsável máximo pela Mesquita Al-Azhar, na capital egípcia, que gere uma universidade com mais de mil anos» («Voz moderada do islão sunita evitou a radicalização egípcia», Diário de Notícias, 11.3.2010, p. 45).

 

[Texto 2118]

Helder Guégués às 07:29 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: