31
Out 12

«Congénere de»

Confusões e trocas

 

 

      «A Polícia Judiciária (PJ) foi convidada, esta semana, para participar e colaborar com a Ameripol, Comunidade de Polícias da América (a organização americana congénere à Europol), com o estatuto de observador» («PJ com papel de observador na união de polícias americanas», A. T., Diário de Notícias, 29.10.2012, p. 20).

      Como é? «Congénere à»? Há-de ser cruzamento de «semelhante à» com «congénere de». Tem é de se rever mais de uma vez aquilo que se escreve, sobretudo se vivemos disso.

 

[Texto 2269]

Helder Guégués às 21:20 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas:

Uso da maiúscula

Porque a nossa é mais pequena...

 

 

      «Christopher O’Neill [noivo da princesa Madalena da Suécia] exerce funções na Bolsa de Nova Iorque e descende de uma família abastada dos EUA» («Madalena está noiva e casa-se no verão de 2013», Diário de Notícias, 26.10.2012, p. 53).

     «A bolsa de Lisboa encerrou a primeira sessão da semana em terreno negativo, a acompanhar as perdas registadas pelas pares europeias, pressionada pelos títulos do sector financeiro e pelo pesos-pesados» («Grécia e ‘Sandy’ assustam bolsas», Diário de Notícias, 30.10.2012, p. 35).

 

[Texto 2268]

Helder Guégués às 08:12 | comentar | favorito
Etiquetas:
31
Out 12

Léxico: «gearing»

Temos de saber

 

 

      «Em Portugal, o Pingo Doce e o Recheio, apesar da envolvente muito difícil, continuaram a reforçar as respetivas quotas de mercado. O resultado líquido consolidado cresceu 6,2%, atingindo 271,5 milhões de euros. O cash flow gerado, após investimento, foi de 147,1 milhões de euros. A dívida líquida consolidada cifrou-se em 251,8 milhões de euros e o gearing foi de 16,0% no final de setembro» («Jerónimo Martins ganha na Polónia», Diário de Notícias, 26.10.2012, p. 31).

      Temos de saber inglês e economia. «Gearing é», leio no sítio da Deco Proteste, «o rácio entre o endividamento da empresa (dívida financeira) e os seus capitais próprios. Um gearing elevado é, em regra, um sinal de maior risco.»

 

[Texto 2267]

Helder Guégués às 08:10 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: