18
Nov 12

Léxico: «passa-palavra»

Também importada?

 

 

      «Quando o último volume apareceu, em janeiro de 2012, já se falava nos EUA da novela como um sucesso de vendas através do passa-palavra dos leitores – na verdade, de leitoras, já que o seu público foi desde o início sobretudo constituído por mulheres acima dos 30, o que levou os críticos a cunhar o termo mother-porn (porno para mamãs)» («Sessenta milhões de bêdêésseémicos?», Diário de Notícias, 18.11.2012, p. 30).

      Estranho não a ver nos dicionários — e não há-de ser, suponho, por vir do francês passe-parole.

 

[Texto 2340]

Helder Guégués às 08:49 | comentar | ver comentários (7) | favorito
Etiquetas:
18
Nov 12

É mais fino

Consommé de poulet

 

 

      «Mas o mais estranho ficou guardado para o almoço. Além do papão de ovos para a sobremesa, de que a pesquisa pantagruélica da Vespa não encontrou qualquer resultado, Angela teve direito a um consommé de aves, que as nossas avós chamavam simplesmente de canja – mas sem massa. Logo todos se recordaram que o humorista Ricardo Araújo Pereira propusera como slogan para as manifestações “Gaspar, tudo se arranja, vê lá se a gorda quer uma canja”. Terá sido Vítor Gaspar o chef da cozinha do Forte?!» («“Caro Pedro”, obrigada pela canja mas quase não vi nada», Vespa, Diário de Notícias, 18.11.2012, p. 14).

 

[Texto 2339]

Helder Guégués às 08:47 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: