03
Jan 13

Léxico: «assistencialismo»

É isso mesmo: só todos juntos

 

 

      Parece sempre mentira, mas é sempre verdade: faltam nos dicionários termos corriqueiros e outros que, embora mais incomuns, há muito, porém, são usados. Seja hoje «assistencialismo». É a tal doutrina que manda dar o peixe em vez de ensinar a pescar — para apaziguar a sociedade e a classe dominante continuar a ter boa consciência. O Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora desconhece. Por isso não é de estranhar que também não registe «oblomovismo», não é assim?

 

[Texto 2480]

Helder Guégués às 20:32 | comentar | ver comentários (70) | favorito
Etiquetas:

Tradução: «cecina»

Agora é presunto

 

 

      «Hoje é dia de falarmos de um novo produto que, sendo conhecido em Espanha, é inédito por cá: presunto de carne de vaca. Em Espanha, chama-se cecina» («Um presunto de vaca», Edgardo Pacheco, revista «Domingo», Correio da Manhã, n.º 12 551, p. 56). Nem itálico nem aspas, nada. Cecina. Segundo o Dicionário da Real Academia Espanhola, é a «carne salada, enjuta y seca al aire, al sol o al humo». O termo poderá vir de um hipotético siccīna, «carne seca», de sĭccus, «seco» em latim. Aqui já falámos de presunto de cabra e de ovelha. E talvez tenhamos de voltar a pedir: redija-se outra definição.

 

[Texto 2479]

Helder Guégués às 15:26 | comentar | favorito
Etiquetas:
03
Jan 13

Léxico: «opilião»

Aracnologia impura

 

      Opilião.Dicionário Houaiss assegura que é regionalismo brasileiro. É, lê-se na definição, a «designação comum aos arácnidos da ordem dos opiliones, que se notabilizam pelo corpo oval e compacto, pelas patas extremamente finas e longas e pelo forte cheiro desagradável que exalam». O Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, é verdade, não o acolhe, mas não é regionalismo brasileiro.

      Opilion é, em latim, o pastor de ovelhas. Há-de haver alguma analogia, mas não muito precisa, porque o nome comum do opilião em francês é faucheur, ceifeiro, segador.

 

[Texto 2478]

Helder Guégués às 14:08 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: