16
Fev 13

Léxico: «casula»

Registe-se

 

 

      «Durante três dias, de 22 a 24 de fevereiro, mais de 20 restaurantes do concelho vão servir o prato tradicional desta época, à base de um enchido de ossos específico da região transmontana, o butelo, acompanhado das casulas ou cascas, as vagens de feijão secas» («Comer butelo garante entradas para museus», Diário de Notícias, 15.02.2013, p. 22).

      Regionalismo, com certeza, mas devia estar registado nos dicionários modernos (está no dicionário de Cândido de Figueiredo). O Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, por exemplo, não o regista, quando regista muitos outros regionalismos. Casula é o nome que se dá à vagem de feijão, colhida quando está já baguda, mas não seca, e que acaba de secar à sombra.

 

[Texto 2598]

Helder Guégués às 16:45 | comentar | ver comentários (3) | favorito
Etiquetas:
16
Fev 13

«Secretos», uma acepção

Que se guarda oculto

 

 

      «Tal como na carne de vaca e porco, a carne de cavalo tem cortes e nomes similares: há bifes do lombo, secretos, carne picada, entrecosto. Os pratos são os mesmos: é possível grelhar, guisar ou assar. Apenas o preço é diferente, nalguns casos 30% mais baratos» («Carne de cavalo vem das coudelarias e é mais barata», André Rito, Diário de Notícias, 15.02.2013, p. 16).

      Tão secretos, tão ocultos, que o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora nem regista a acepção.

 

[Texto 2597]

Helder Guégués às 06:45 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: