15
Mar 13

Como falam os políticos

Falam assim

 

 

      Miguel Frasquilho, deputado social-democrata: «Estas revisões mostram também, deixam à vista de todos, que o programa original, apresentado em Maio de 2011, tinha sido mal desenhado, mal concebido, com projecções e efeitos que, sabemos agora, tinham pouca ou nenhuma aderência à realidade.»


[Texto 2679]

Helder Guégués às 14:37 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas:

«Pergunte-se cada um a si mesmo»

Outra perspectiva

 

 

      «Preguntar-se. Ensina Epifânio na Sintaxe Histórica, 102 [§ 135]: “O emprego de verbos transitivos na conjugação reflexa, sendo o pronome reflexo complemento indirecto pertence quase exclusivamente à linguagem literária: “pergunte-se cada um a si mesmo, quantos anos tem” (Vieira, Sermões, 1107)» (Grande Dicionário de Dificuldades e Subtilezas do Idioma Português, vol. 2, Vasco Botelho de Amaral. Lisboa: Centro Internacional de Línguas, 1958, p. 759).


[Texto 2678]

Helder Guégués às 14:15 | comentar | ver comentários (4) | favorito
Etiquetas:
15
Mar 13

Léxico: «espaldão»

Inescrutável

 

 

      «Segundo referiu ao DN o comando geral da GNR, as falhas reportavam [sic], no essencial, à existência de pneus na área de tiro[,] o que pode potenciar o risco de ricochete; à falta de proteção da parede frontal do espaldão para-balas (nas carreiras de tiro de Águeda, Macedo de Cavaleiros, Évora e Guarda) [...]» («Carreiras de tiro das polícias têm falhas de segurança», Rute Coelho, Diário de Notícias, 15.03.2013, p. 19).

      Está nos dicionários. No Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora: «entrincheiramento destinado a servir de local de tiro a uma arma». A propósito: estranho é este dicionário grafar com hífenes «carreira de tiro».

 

[Texto 2677]

Helder Guégués às 07:11 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: