Léxico: «vazar-se»

Ainda cá anda

 

 

      «A esta corajosa e inesperada resistência, a populaça apavorou-se. Os gritos dos feridos pelos chicotes e pelas patas dos cavalos ainda deram mais fôrças ao espanto. A multidão começou a abalar em retirada, e a vasar-se pelas ruas transversais» (Um Motim Há Cem Anos, Arnaldo Gama. Porto: Livraria Tavares Martins, 1935, p. 234).

      Curiosa forma de dizer: vazar-se. Para meu espanto, é acepção que ainda consta do Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora: escoar-se.

 

[Texto 2771]

Helder Guégués às 23:01 | comentar | favorito
Etiquetas: