«Decodificar», de novo

Ele disse isso?

 

 

      O autor que usou «decodificar» (sim, porque isto não é inventado) acabou de me responder: «Segundo o falecido Prof. Lindley Cintra, deve dizer-se decodificação (que é utilizado no Brasil, eles nunca dizem nem escrevem “descodificação”) porque com des- aquilo a que se refere o substantivo desaparece, tal como em “destruir”. Neste caso não há desaparecimento, mas retorno a uma situação anterior: o que tinha sido codificado retorna ao que era antes antes (é decodificado). Seguindo esta linha de pensamento, nas Metas Curriculares de Português aprovadas pelo MEC em Agosto de 2012 foi utilizado “decodificação”.» Há mais, mas só isto interessa. Sim, está nas Metas Curriculares de Português, mas não me parece que tal seja um argumento. Um arremedo, talvez.

 

[Texto 2791]

Helder Guégués às 12:44 | comentar | ver comentários (3) | favorito
Etiquetas: