27
Jun 13

Não falta «pró-actividade»?

Falta ou não falta?

 

 

      No Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, encontram-se registados os vocábulos, agora tão encontradiços, pró-activo e proactivo, mas somente proactividade. É também a solução da Academia Brasileira de Letras no seu Vocabulário. «Pró-activo», lê-se naquele primeiro dicionário, significa «o que é a favor da actividade». Já «proactivo» é o «que antecipa algo; antecipatório; que toma a iniciativa, não actuando apenas em reacção a algo; empreendedor». Se não são sinónimos — só com muito boa vontade nossa diremos que o são, mas apenas parcialmente —, mais estranha é a opção de não se ter acolhido também a forma «pró-actividade». Ou não?

 [Texto 3027]

 

Helder Guégués às 15:40 | comentar | ver comentários (7) | favorito
Etiquetas:
27
Jun 13

Léxico: «haloterapia»

Fora dos dicionários

 

 

      «As partículas de sal estão por toda a parte, desde o chão às paredes, sal ionizado permite que várias pessoas estejam a recorrer à haloterapia em Castelo Branco por sofrerem de doenças respiratórias, stress ou depressão. Um projecto pioneiro no interior do País» («Centro de haloterapia em Castelo Branco», Sandra Salvado, Jornal da Tarde, 26.06.2013).

 

 [Texto 3026]

Helder Guégués às 09:53 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: