Desta vez, «mafia»

É ir vendo

 

 

      «Entre 1975 e 1990, Bulger informou o FBI sobre um grupo rival, pertencente à mafia italiana, enquanto ele próprio continuava a matar e a intimidar, sob a protecção da agência» («James “Whitey” Bulger não era nenhum Tony Soprano», Kathleen Gomes, Público, 14.08.2013, p. 26).

      É talvez a primeira vez que veja a palavra grafada assim no Público. Já no Diário de Notícias, é precisamente ao contrário, só por excepção — esquecimento? — é que a grafam com acento.

 

  [Texto 3180]

Helder Guégués às 09:09 | comentar | ver comentários (3) | favorito
Etiquetas: