12
Out 13

Os que nos precederam

Esses são os clássicos

 

 

      «Ambos acreditavam», lê-se numa magnífica biografia que está agora no prelo, «que a genialidade só pode ser alcançada através do estudo daqueles que os precederam.»

 

  [Texto 3380]

Helder Guégués às 20:59 | comentar | ver comentários (437) | favorito
Etiquetas:

Tradução: «Lord Chancellor»

Sendo assim

 


      Lord Chancellor: para o Dicionário Inglês-Português da Porto Editora, é «o mais alto cargo da magistratura judicial inglesa». O problema, já o tenho escrito em relação a outros verbetes deste dicionário, é que isto não é um equivalente. Devemos então traduzir por «presidente da Câmara dos Lordes», «Lorde Chanceler» ou, como já tenho lido, «ministro da Justiça»? Claro que, ao usarmos alguma das duas primeiras, o leitor não saberá que o titular deste cargo é simultaneamente a mais alta autoridade judiciária no Reino Unido. É não, era: houve em 2007 uma alteração legislativa.

 

  [Texto 3379]

Helder Guégués às 20:32 | comentar | favorito
Etiquetas:
12
Out 13

Ortografia: «haltere»

Assim pesam menos

 

 

      «Sentado, parecia um homem de estatura acima do normal, forte, dotado de uns ombros, de uns braços, de um tronco maciço e desenvolvido de campeão de pesos e alteres — este desporto era, na verdade, a sua paixão» (A Sangue Frio, Truman Capote. Tradução de Maria Isabel Braga. Lisboa: Livros do Brasil,  s/d (1978?), p. 25).

      É muito raro ver a palavra bem escrita: ou lhe falta, como é o caso, o h, ou, sobretudo se está no singular, o e final. Como se pode falhar em coisas tão simples? Como, Maria Isabel Braga?

 

  [Texto 3378]

Helder Guégués às 18:26 | comentar | favorito
Etiquetas: