30
Out 13

Léxico: «bazofeiro»

Estava a pedi-las

 

 

      E então ele «tornava-se bazofeiro, tornava-se insolente». Há gente assim, mas nada que uma murraça nas trombas não resolva, não é? Nem sempre podemos ser diplomáticos, conciliadores, contemporizadores. Ora, para Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, só há bazofiadores. Porque é popular? Não! Porque não se lembraram, não o viram.

 

  [Texto 3450]

Helder Guégués às 11:26 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas:
30
Out 13

Léxico: «destila»

De certeza que é bom

 

 

      Em Évora, na 3Bicos, produz-se gim biológico, da marca Templus. A mitologia, mesmo de forma ínvia, ainda vende. «Fermenta mais ou menos em dois dias. Seguidamente, sairá daqui só o líquido em si, que vai dar origem à primeira destila», disse ontem ao Jornal da Tarde João Rosado, artesão da destilaria. Primeira de três destilas, na última entram o zimbro, ervas aromáticas como poejo e hortelã da ribeira, etc. E cá está mais uma palavra que não encontro em nenhum dicionário, um substantivo por derivação regressiva.

 

  [Texto 3449]

Helder Guégués às 08:18 | comentar | ver comentários (12) | favorito
Etiquetas: