20
Mar 14

Agora a Bíblia

É a paga

 

 

      «O salário do pecado é a morte» (O Estrangulador de Cater Street, Anne Perry. Tradução de Mário Dias Correia. Alfragide: Edições Asa II, 2013, p. 312).

      Fui verificar, e é precisamente o que se lê na Bíblia dos Capuchinhos (Rm 6,23), mas confesso que me soa melhor, e julgo lembrar-me de ter ouvido mais de uma vez, «a paga do pecado é a morte». No original está assim: «The wages of sin is death.» Na Vulgata lê-se «stipendium peccati mors est»; é o nosso «estipêndio», que se pode traduzir de ambas as formas.

 

[Texto 4251]

Helder Guégués às 22:40 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas:

«Tratar-se de», 20.ª vez

Ainda o avião — e a gramática

 

 

      Jornalista Raquel Gomes, no Jornal da Tarde: «Para já, ninguém pode afirmar, com certeza, que se tratam de destroços do voo MH370, desaparecido desde o dia 8 de Março com 239 pessoas a bordo.» Estou que nunca vão aprender, mas eu vou tentando. Cara Raquel Gomes, a construção tratar-se de é impessoal, pelo que apenas se conjuga na terceira pessoa do singular: «que se trata de destroços». Digam-lhe, mostrem lá que as redes sociais servem para alguma coisa.

 

[Texto 4250]

Helder Guégués às 21:31 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

«Are we supposed»

Isto é que é o horror

 

 

      «Somos supostas ser moralmente mais fortes?» (O Estrangulador de Cater Street, Anne Perry. Tradução de Mário Dias Correia. Alfragide: Edições Asa II, 2013, p. 277).

    Mas quem é que fala assim, santo Deus? Já sabemos quem. «Are we sup­posed to be morally stronger?» Na tradução espanhola: «¿Se supone que moralmente debemos ser más fuertes?» (Los Crímenes de Cater Street, Anne Perry. Tradução de Gloria Méndez. Madrid: Debolsillo, 2012, p. 208).

 

[Texto 4249]

Helder Guégués às 20:17 | comentar | ver comentários (6) | favorito

«Method of detection»

Não é satisfatório, não

 

 

     «– É verdade – admitiu ele. – Não é um método de deteção muito satisfatório» (O Estrangulador de Cater Street, Anne Perry. Tradução de Mário Dias Correia. Alfragide: Edições Asa II, 2013, p. 243).

    Perfeito — em inglês. Detection of crime; method of de­tection. Na tradução espanhola: «–  Sí ­–asintió–. Desde luego no es el mejor método de investigación» (Los Crímenes de Cater Street, Anne Perry. Tradução de Gloria Méndez. Madrid: Debolsillo, 2012, p. 182).

 

[Texto 4248]

Helder Guégués às 20:10 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas:

«Look of purpose»

Determinação

 

 

    Chegou uma visita: a mulher do vigário, que ultimamente andava abatida, desanimada. «Parecia ter recuperado um pouco de ânimo e havia novamente no seu rosto uma expressão de propósito [look of purpose]» (O Estrangulador de Cater Street, Anne Perry. Tradução de Mário Dias Correia. Alfragide: Edições Asa II, 2013, p. 235).

    Está, no mínimo, ambíguo. Está melhor na tradução espanhola: «Parecía haber recuperado el ánimo y tenía un aire más decidido» (Los Crímenes de Cater Street, Anne Perry. Tradução de Gloria Méndez. Madrid: Debolsillo, 2012, p. 178).

 

[Texto 4247]

Helder Guégués às 15:33 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas:

Léxico: «ressurreccionista»

Parece, mas não

 

 

      «– Não, Mr. Corde, um homem que ganhava a vida roubando cadáveres para vendê-los às escolas de Medicina, antes de a lei ter mudado, nos anos trinta...» (O Estrangulador de Cater Street, Anne Perry. Tradução de Mário Dias Correia. Alfragide: Edições Asa II, 2013, p. 218).

      Corde pensava que ressurreccionista era um homem da Igreja, quando, na realidade, era o nome dado ao ladrão de cadáveres, que depois vendia aos estudantes de Medicina, pois apenas lhes era permitido praticar nos cadáveres de criminosos que tivessem sido condenados ao patíbulo. E os corpos não chegavam para as encomendas.

 

[Texto 4246]

Helder Guégués às 11:20 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas:

«Meaning it for the vicar»

Agora é claro

 

 

      «– Sim, e detestaria ter de acordá-la, a menos que se tratasse de qualquer coisa realmente urgente – respondeu Charlotte com firmeza, em intenção do vigário [meaning it for the vicar], mas continuando a olhar para Martha» (O Estrangulador de Cater Street, Anne Perry. Tradução de Mário Dias Correia. Alfragide: Edições Asa II, 2013, p. 188).

   Aqui também há excesso de encosto, e o resultado não é o melhor, como se vê. Não há leitor, creio eu, que não estranhe. Até parece que foi o vigário que morreu («em intenção da sua alma»), e não Verity Lessing. A tradutora espanhola foi por outro caminho: «– Sí y prefiero no despertala salvo en caso de urgencia –dijo Charlotte con tono firme. Sus palabras iban dirigidas al vicario a pesar de que seguía mirando a Martha» (Los Crímenes de Cater Street, Anne Perry. Tradução de Gloria Méndez. Madrid: Debolsillo, 2012, p. 142).

 

[Texto 4245]

Helder Guégués às 10:49 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas:

Léxico: «crocheteiro»

Primeira fase

 

 

      «O painel da dieta mediterrânica já começou a ser feito e deverá ficar pronto no próximo mês. A peça terá 1,20 metros e contará com a colaboração de várias “crocheteiras”» («“Activismo de lã” ataca árvores e postes com crochet e Austrália é o próximo destino», Alexandra Guerreiro, Público, 20.03.2014, p. 17).

    Tinham de traduzir o inglês crocheter, pois claro. Ainda, nesta primeira fase, com aspas... Bem, também temos tricotadeira, que, nos poucos dicionários que a registam, aparece apenas como a máquina para fazer tricô.

    «O grupo D é formado por 5 tricotadeiras que trabalham em casa, nas suas máquinas de tricotar, para uma fábrica que lhes dá as encomendas e os moldes. Vivem numa pequena aldeia do Alto Alentejo, fundamentalmente uma zona de grande propriedade agrícola» (Análise Social, n.os 40-43. Lisboa: Gabinete de Investigações Sociais, 1973, p. 893).

 

[Texto 4244] 

Helder Guégués às 09:54 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,
20
Mar 14

Isto descambou ainda mais

Entre uma e outra...

 

 

      «Dominic empalideceu. Obviamente, não tinha pensado naquilo: o seu espírito estivera a seguir as palavras e não a liderá-las» (O Estrangulador de Cater Street, Anne Perry. Tradução de Mário Dias Correia. Alfragide: Edições Asa II, 2013, p. 182).

      Liderar as palavras?... Bem, não faço ideia do que possa significar. No original está assim: «Dominic paled. Obviously he had not thought of it: his mind had been following his words, not leading them.» A tradutora espanhola verteu assim, liberrimamente, como é timbre deles: «Dominic se quedó lívido. Evidentemente no había pensado en eso. No había comprendido lo que sus propias palabras implicaban, no había imaginado nada parecido» (Los Crímenes de Cater Street, Anne Perry. Tradução de Gloria Méndez. Madrid: Debolsillo, 2012, p. 138).

 

[Texto 4243]

Helder Guégués às 07:13 | comentar | ver comentários (3) | favorito
Etiquetas: