09
Mai 14

Pensar bem

Escrever melhor

 

 

      «Através do controlo que exercia sobre boa parte dos jornalistas e dos trabalhadores manuais (ex.: tipógrafos), o PCP dominou a imprensa nacionalizada. […] É por isso que não lidava bem com o pluralismo, aliás, aquela bela e arrumada cabeça via a palavra “pluralismo” como um sinónimo de “divisionismo”; uma opinião diferente não era uma opinião diferente, era uma manobra “divisionista” que colocava em causa a unidade revolucionária controlada pelo PCP. […] Liderados pela retórica inflamada de Saramago, o plenário dos trabalhadores saneou 22 desses jornalistas» («Quando Saramago foi um ditador», Henrique Raposo, Expresso Diário, 9.05.2014).

     Absorveu todos os modismos, do mais inócuo ao mais deletério, que por aí andam. É isso: pensa bem, agora só falta escrever melhor.

 

[Texto 4526]

Helder Guégués às 18:26 | comentar | ver comentários (2) | favorito

Léxico: «galgueiro»

Sempre à frente

 

 

      «“Chega a haver 130 galgos inscritos e mais de 300 adeptos a assistir”, diz José Ferreira da Silva. O presidente da Federação Nacional de Galgueiros, criada há quase uma década em Vila do Conde, atribui a moda das corridas de galgos à espetacularidade da prova. Dos vários tipos de lebréu, o “greyhound” – também conhecido por galgo irlandês – é o “Fórmula 1” da raça» («Corridas de galgos, velocidade furiosa», Isabel Paulo, Expresso Diário, 8.05.2014).

      Galgueiros — são os criadores de galgos. Os dicionários, contudo, só o registam como adjectivo: o que corre por declive. A água de um regato, por exemplo. Claro que a realidade vai sempre à frente dos dicionários.

 

[Texto 4525]

Helder Guégués às 12:13 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas:
09
Mai 14

Mais um disparate

Reprodução infiel

 

 

    «Como é que palavrões como dagarreótipo ou cianótipo podem ser sinónimos de beleza?» É uma pergunta na página 23 da edição de hoje do Público, relacionada com o volume 100 Ideias Que Mudaram a Fotografia. Ou seja, nem das coisas deles tratam bem. Já que falta a cultura geral, não deviam pesquisar na Internet ou num dicionário? Como é que de Daguerre, o inventor francês (1787-1851) deste processo fotográfico, podíamos ter «dagarreótipo»?

 

[Texto 4524]

Helder Guégués às 09:43 | comentar | favorito
Etiquetas: ,