30
Jun 14

Cistóide e... quisto!

Helenismo médico atamancado

 

 

   ... Pois é, mas a grafia é cistóide, não sistóide. Por exemplo, em «edema macular cistóide». Claro que é de uma espantosa incongruência escrevermos e dizermos «quisto». Esperem... o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora ainda regista «cisto». Mas já não pega: perdeu-se pelo caminho, porque preferimos copiar o francês kyste.

 

[Texto 4785]

Helder Guégués às 10:32 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas:
30
Jun 14

Já se cervejou antes

Pensam sempre que são os primeiros

 

 

      Cervejas de framboesa, de abóbora, de bolota... Mais de 125 diferentes. É o Festival da Cerveja Artesanal, em Albufeira. A repórter Helena Sousa e Silva falou com algumas pessoas. Por exemplo, este entendido: «Aqui pode-se beber quatro, cinco, seis, que a sensação é a mesma, como se tivéssemos começado a cervejar, que é uma expressão que se começa a usar muito.» Grande invenção, sim senhor... Acontece que já Eça de Queiroz, na Relíquia, usou o verbo: «E o risonho Potte contava-me que o Ibrahim vira muitas vezes Miss Ruby enlevada na belleza dos homens da Syria: de noite, á porta da tenda, emquanto o papá cervejava, ella dizia versos baixinho, olhando para a palpitação das estrellas.»

 

[Texto 4784]

Helder Guégués às 08:41 | comentar | ver comentários (3) | favorito
Etiquetas: