Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Sobre «sabático»

A torto e a direito

 

 

      Uma palavra que se usa agora mais a torto que a direito é «sabático». Qualquer bicho-careta tira umas «férias sabáticas» para ir estudar ou... para deixar de estudar. Sócrates não tem a culpa, mas, quando foi para Paris estudar, a imprensa começou a dizer que ele ia tirar um ano sabático. Dantes, ao que me parece, só se usava em relação aos professores catedráticos; mais tarde, qualquer professor; agora, os dicionários estenderam o conceito: «que diz respeito a um período de interrupção de actividade regular». Assim, os jornalistas até são capazes de escrever, sei lá, que um pirómano tirou um ano sabático para ir estudar para a Universidade do Hambúrguer, em Alphaville, e se fizer uma interrupção para vir atear mais umas «ignições», como dizem os bombeiros, também tira uma licença sabática.

 

[Texto 4781]

«Traqueotomia/traqueostomia»

Bem me parecia

 

 

   A autora usa a palavra «traqueostomia», e o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora desta remete para «traqueotomia», ou seja, considera-as sinónimas. Variantes não, porque a primeira tem mais uma boca, os, do que a segunda. A dúvida também chegou à Fundéu: «Tal como explica el Diccionario de términos médicos, de la Real Academia Nacional de Medicina, en rigor la traqueotomía es la incisión de la tráquea, mientras que la traqueostomía es la apertura de un orificio en la tráquea para permitir la respiración (que se hace mediante una traqueotomía). En la práctica no es raro que se llame traqueotomía a ambas intervenciones.»

 

[Texto 4780]