Léxico: «bivacar»

Vê-se agora muito

 

 

      «De acordo com informação da Câmara de Ourém, a capela, cuja data de fundação se desconhece, é “muito antiga”, porque em 1682 já anunciava [sic] ruína. “Algures ali bivacaram El-Rei D. João I e o Condestável D. Nuno com as suas tropas, em 11 de Agosto de 1385, quando seguiam para a batalha de Aljubarrota, e, em 1810, a capela foi incendiada pelas invasões francesas”, refere a autarquia, acrescentando que o seu adro foi utilizado para a realização de feiras» («Ourém requalifica capela ligada à história da Batalha de Aljubarrota», Público, 20.08.2014, p. 13).

 

[Texto 4977]

Helder Guégués às 06:00 | comentar | favorito
Etiquetas: