Adeus, vocativo

Isso era dantes

 

 

      «Joaquim e Paulo Castro, irmãos de Famalicão, de 39 e 41 anos, foram condenados por tráfico de droga. “Somos irmãos em tudo. Fomos apanhados pela mesma coisa. Andávamos no tráfico juntos. Sempre partilhámos tudo, menos as mulheres”, graceja Joaquim. “Já basta a barracada da reforma judiciária no sistema. Vamos lá meninos”, desafia
 uma funcionária. Os reclusos respondem com mais um móvel nos braços. A tarefa não é, porém, fácil» («Os braços para arrumar o tribunal vieram da prisão», Pedro Sales Dias, Público, 4.09.2014, p. 11).

 

[Texto 5014]

Helder Guégués às 08:07 | comentar | favorito
Etiquetas: ,