Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «azarucho»

Uma figura para seguir

 

      «A defesa de José Sócrates», dizem na RTP, «neste caso está nas mãos de João Araújo. O advogado defendeu a mãe do antigo primeiro-ministro em 2013, num caso de dívida ao Fisco, e tem dado nas vistas pelo discurso pouco institucional à entrada do tribunal.» «Pouco institucional» é favor. «O tribunal transmitir-lhe-vos-á [sic]...» Os jornalistas lembram que o tribunal está fechado. «Pois então, azarucho. Que é que eu hei-de fazer?»

 

[Texto 5286]

Que pergunta...

Se não acreditam, leiam

 

   Maria do Rosário Carneiro, entrevistada por Anabela Mota Ribeiro, diz que um piano que sempre a acompanhou foi levado para a Madeira quando foram para lá viver. «O meu pai foi fazer as levadas.» Pergunta da jornalista: «O que é fazer levadas?» («Retrato de uma família feliz», «2»/Público, 23.11.2014, p. 9).

   É de cair para o lado. Ou estava distraída ou pensava que as levadas eram um fenómeno natural.

 

[Texto 5285]

Figuras

Eufemismo? Não, revejam isso

 

      «Nesta semana de chumbo
 em que os vistos gold foram contaminando o Estado ao
 mais alto nível, com buscas, prisões, interrogatórios, boatos e demissões, o CDS manteve um silêncio quase sepulcral. Paulo Portas, o pai dos vistos gold, 
era constantemente chamado à colação [sic] no meio da borrasca e... nada. O silêncio durou até 
ser politicamente insustentável 
e o líder centrista acabou por 
ir falar do assunto à comissão parlamentar. Para a memória ficou o soundbite do ano: “Quem é que cria mais empregos, é o Bloco de Esquerda ou a Remax?”. Um eufemismo para dizer que os golden visa são para ficar» («Caras da semana», 23.11.2014, Público, p. 3).

 

[Texto 5284]