Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

«Chouriço» e «morcela»

E o sangue

 

   Segundo o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, chouriço é o «pedaço de tripa cheio de bocados de carne de porco preparada com gordura, sangue e outros temperos, seco ao fumo». Se é assim, porque há também chouriço de sangue? E porquê «pedaço de tripa», se na definição de morcela se lê que é o «enchido em que o elemento principal é o sangue de porco com gordura e condimentos»? Se tem sangue, chama-se chouriço de sangue, chouriço mouro ou morcela, ou não? É, pois, por uma destas três formas que se traduzirá o francês boudin noir.

 

[Texto 5293]

Léxico: «trágico-cómico»

Cocó e preconceitos

 

      «É um facto trágico, mas, por exemplo, o teatro de Sarah Kane está completamente assente 
nisso, e é um teatro que estimo muito. Escrevo de maneira muito diferente, mas, como sabe, além de autor de teatro, sou ensaísta sobre o teatro contemporâneo,
 e sou aberto à diversidade da dramaturgia. Aprecio muito o teatro de Sarah Kane e de Edward Bond, por exemplo. Mas é um teatro mais trágico, eu sou mais trágico-cómico» (Jean-Pierre Sarrazac, em entrevista a Jorge Louraço Figueira. «“A parábola é uma forma delicada de abordar a realidade”», Público, 25.11.2014, p. 29).

      É simplesmente espantosa a quantidade de palavras mais ou menos comuns — algumas, como já aqui temos visto, de uso quotidiano — que estão fora dos dicionários. Esta é mais uma. Só encontramos nos dicionários «tragicómico». Ou quiseram evitar acolher aquele cacófato, «trágico-cómico»? Se foi, ajuizaram mal, pois os dicionaristas não devem ceder a preconceitos nem proceder de acordo com juízos estéticos ou morais.

 

[Texto 5292]

Léxico: «supranumerário»

Enciclopédico

 

      «“O amor é livre e eleva o espírito”, era a máxima proclamada pelo líder desta organização, segundo o denunciante, que hoje é supranumerário da [sic] Opus Dei — faz parte desta ordem religiosa católica, mas não está obrigado ao celibato» («Três padres detidos por pedofilia num caso em que o Papa interveio pessoalmente», Clara Barata, Público, 25.11.2014, p. 12).

   Pelos dicionários gerais, não se chega à compreensão do que é «supranumerário» neste caso, o que é natural. No Opus Dei, é a designação dada aos membros, homens e mulheres, casados. São 70 % dos fiéis desta instituição; os restantes 30 % são constituídos por numerários e agregados. (E lá está — mesmo quando se trata de bandidos — o infalível «líder» dos tradutores e jornalistas que nos calharam. Não se enxergam.)

 

[Texto 5291]

Será monte Orlando

Mais crioulo

 

   «Resta saber se o Homi Grande (em crioulo, “Homem Grande”), como chama respeitosamente um dos jornais locais ao vulcão, cujo pico mais alto atinge os 2829 metros, se vai manter activo durante dois meses, como é costume quando acorda. Pelo menos a sua actividade sísmica tinha ontem acalmado bastante, informa ainda o IPMA.

    No século XX, o vulcão entrou duas vezes em erupção: além de 1995, a outra foi em 1951. Dessa vez foi seguido por Orlando Ribeiro, grande mestre da geografia portuguesa (1911-1997), que o documentou e fotografou profusamente. É em sua homenagem que um dos cones do vulcão se chama Monte Orlando» («Vulcão da ilha do Fogo acordou de novo mas agora não foi uma surpresa», Teresa Firmino, Público, 25.11.2014, p. 26).

 

 

[Texto 5290]