07
Mar 15

Nimrud de... Nimrod

Não muito diferente

 

      «Nimrud, assim chamada em homenagem ao rei Nimrod, caçador lendário que a Bíblia refere, é um dos principais pólos da antiga Mesopotâmia, tida com um dos berços da civilização, formando com as cidades reais de Nínive e Hatra um triângulo patrimonial de referência. Foi fundada por volta de 1250 a.C. e, quatro séculos mais tarde, tornou-se a capital do império assírio, o mais poderoso do seu tempo, com um território que abarca o que é hoje o Egipto, a Turquia e o Irão» («Extremistas avançam com bulldozers sobre cidade milenar», Lucinda Canelas, Público, 7.03.2015, p. 4).

      Um tudo-nada estranho, mas desta vez não erraram: segundo a Bíblia, Nimrod, o primeiro tirano (ainda não tinham inventado o fisco e a segurança social) sobre a Terra, era bisneto de Noé e terá edificado as cidades de Nínive, Reobot-Ir, Calá e Réssen. Mais tarde, em sua homenagem, à cidade de Kalhu ou Calá foi dado o nome de Nimrud. Na Bíblia dos Capuchinhos, está Nimerod.

 

[Texto 5640]

Helder Guégués às 13:38 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas:

Planeta, asteróide, planeta-anão...

E isto não fica por aqui

 

    «“Desde a sua descoberta em 1801, Ceres foi primeiro chamado planeta, depois asteróide e, mais tarde, planeta-anão”, disse Marc Rayman, director da missão, do Laboratório de Propulsão a Jacto (JPL), da NASA. “Agora, depois de uma viagem de 4900 milhões de quilómetros e 7,5 anos, a Dawn chama-lhe lar”, enfatizou, num comunicado da NASA» («Sonda Dawn já está em órbita de Ceres», Nicolau Ferreira, Público, 7.03.2015, p. 25).

 

[Texto 5639]

Helder Guégués às 12:44 | comentar | favorito
Etiquetas:
07
Mar 15

«Sírio/siríaco/assírio»

Não tão inextricável

 

      «“Preservar a herança histórica e cultural no Iraque enquanto berço e epicentro da nossa civilização deveria ser uma preocupação de todo o mundo civilizado”, defende, em declarações ao The Guardian, David Vergili, da União Europeia Siríaca (outra palavra para assíria)» («Destruir o passado para “controlar o futuro”», Sofia Lorena, Público, 7.03.2015, p. 5).

      Isto está certo? Siríaco é sinónimo de sírio, isso sim. E qual a relação com assírio? Não será antes como se diz aqui? «Vale lembrar que Assíria e Síria são originalmente a mesma palavra, do mesmo modo que Alcorão e Corão. Hoje, é claro, referem-se a realidades diferentes: sírios designa os habitantes arabizados da Síria (originalmente assírios ou árabes), enquanto a palavra assírios designa os assírios que não se deixaram assimilar por outras culturas.» (Quanto ao mais... «Controlar o futuro»!)

 

[Texto 5638]

Helder Guégués às 12:35 | comentar | favorito
Etiquetas: