17
Mar 15

A importância da ortografia

Estão a ver?

 

      «Quando Susan Berman apareceu morta, a polícia de Los Angeles recebeu uma carta do assassino. A carta, em letras maiúsculas, tinha uma particularidade — a palavra Beverly Hills estava mal escrita. Durst já tinha considerado, num episódio anterior, que essa carta só podia ter sido escrita pelo assassino. Na gravação do último segmento do documentário, os produtores da HBO mostraram a Durst uma carta que ele tinha escrito a Susan e que, além de também estar em maiúsculas, tem uma letra idêntica e exactamente o mesmo erro em Beverly Hills» («Milionário americano diz ter assassinado três pessoas a programa da televisão», Ana Gomes Ferreira, Público, 17.03.2015, p. 23).

    É perigoso errar na ortografia. Se o topónimo fosse Massachusetts, por exemplo, o assassino poderia ser um jornalista ou tradutor português, porque raramente acertam na sua grafia.

 

[Texto 5664]

Helder Guégués às 22:55 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Título do dia

E assim

 

      Vejam-me (isso mesmo: dativo de interesse) este título na edição de hoje do Público: «Milionário americano diz ter assassinado três pessoas a programa da televisão» (Ana Gomes Ferreira, Público, 17.03.2015, p. 23). O problema, e não é menor, é de colocação, de ordenação das palavras. Para ser clara, a frase não podia estar redigida daquela maneira.

 

[Texto 5663]

Helder Guégués às 22:26 | comentar | favorito
Etiquetas: ,
17
Mar 15

Trapalhada com pronomes

Agora escreve-se assim

 

      «Estou aqui a falar com vocês», escreveu o «autor», «não só para vos comunicar isto, como também para lhes apresentar as minhas desculpas.» Como é que isto não salta à vista de quem escreve?

 

[Texto 5662]

Helder Guégués às 21:44 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,